quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Vestido diferente feito de papelão, barbante e nanquim

Roupa diferente: Vestido curto criativo

Miriam Kajiki
, autora do vestido que usa nas fotos, precisou certa vez apresentar uma produção para determinada matéria do curso de Artes Visuais, na Unicamp. O desafio era criar uma escultura de vestir e como ela na época estava encantada com o papelão, escolheu o material para trabalhar.

"A estrutura me lembrou origamis, que me lembraram o Japão, que me lembrou o tanabata (festival de verão). Durante o festival as pessoas escrevem pedidos em papéis coloridos, prendendo-os em bambus. A partir disso pensei em fazer um vestido onde eu pendurasse pedidos, desejos, sonhos que as pessoas me falassem", explica a garota.

Inspirada na tradição e substituindo alguns materiais - crochê no lugar do bambu e plaquinhas de papelão em vez de papéis coloridos, Miriam alcançou o resultado que buscava. Uma roupa bonita e delicada, afinal, são os desejos de outras pessoas que ela carrega no corpo - a moça garantiu que ali não há nenhuma vontade própria.

Para nomear o vestido o termo PEÇA foi convenientemente escolhido. Relaciona-se tanto com o objeto quanto com os desejos ali representados (peça, de pedir). O resultado é atraente, conceitual e pode ser usado sim, mas com alguma autodisciplina. Vestindo PEÇA o simples ato de sentar é um desafio. Deitar ou tomar chuva fica terminantemente proibido. Realmente não é para qualquer um, é somente para quem assumir a responsabilidade de tratar bem os anseios dos outros.

vestido criativo: roupa diferente
Vestido para festas alternativas

Marcadores: , , ,

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

AVISO! Continue a leitura! Ou você vai morrer, mesmo se você apenas olhou para o aviso da palavra! Uma vez que havia uma menina chamada Clarissa, ela era dez anos de idade e ela viveu em um hospital psiquiátrico, porque ela matou sua mãe e seu pai. Ela ficou tão ruim que ela foi para matar todos os funcionários no hospital, então o governo mais decidi que a melhor idéia era se livrar dela, então montaram uma sala especial para matá-la, tão humano como possível, mas deu errado da máquina que estavam usando deu errada. E ela se sentou lá em agonia por horas até que ela morreu. Agora toda semana no dia de sua morte, ela retorna para a pessoa que lê esta carta, em uma noite de segunda-feira, às 12:00 Ela arrasta-se em seu quarto e te mata lentamente, cortando-lhe e assistindo você sangra até a morte. Agora enviar isso a dez outras imagens neste site uma, e ela vai assombrar outra pessoa que não. Isso não é falso. aparentemente, se você copiar e cole-o em dez comentários nos próximos dez minutos você terá o melhor dia da sua vida amanhã. você irá obter beijou ou perguntou, se você quebrar essa cadeia você vai ver uma menina morta no seu quarto hoje à noite. em 53 minutos alguém vai dizer eu te amo ou lamento

24 de dezembro de 2013 20:08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial