segunda-feira, 10 de agosto de 2009

7 gambiarras mais comuns da família brasileira

Nós brasileiros, guerrilheiros do dia-a-dia temos que usufruir de alguns artifícios para levarmos nossas vidas. É essencial usar aquele quebra-galho, um "provisório definitivo", ou como prefiro chamar, uma gambiarra".

Fizemos uma lista com as principais maracutaias da casa nacional. A tecnologia do povo!

1. Palha de aço na antena

Quando a imagem não fica legal inventamos que embrulhar um trecho da antena com Bombril melhora a recepção. Pode funcionar porque assim a antena passa a captar sinais que não estejam completamente alinhados.

2. Consertar chinelo com prego

Quando a tira das Havaianas do gambiarreiro quebra ele não tem dúvidas, procura um prego, ou alfinete ou algo parecido para consertar. Geralmente a borrachinha que prende as tiras por baixo da sola se solta e a gambiarra resolve o problema. Soube de gente que usou chinelos assim por mais de um ano!

3. Arroz no saleiro

Qual boteco de esquina não usa colocar arroz junto ao sal para facilitar a saída deste maravilhoso pó branco dos micro orifícios que os saleiros costumam ter. O arroz absorve a umidade deixando o sal mais fino. Tome cuidado para os grãos não embolorarem.

4. Chave de fenda no vidro do carro / faca de cozinha para parafusar

Duas práticas juntas pois são intimamente ligadas. Enquanto a chave de fenda for usada para manter fechado o vidro do seu carro você terá que dar um jeito de parafusar com uma faca de cozinha com ponta arredondada.

5. Eletrodoméstico sem tomada
Quando o plug da tomada de um aparelho eletrônico começa a falhar costuma-se dar um nó para numa posição que evite o mau contato. Mas nem todos se contentam com isso, o verdadeiro brasileiro quebra o fio e coloca as pontas desencapadas direto na tomada, sem medo de choques ou curto-circuitos que realmente podem ocorrer.

6. Apontar lápis com faca
Quem diabos tem um apontador em casa? O jeito de apontar um lápis é com a faca.

7. Portão com barriga

Isso já foi oficializado nas periferias brasileiras, mas nasceu como uma gambiarra! Se o carro não cabe na garagem, dá-se um jeito: é só fazer um portão que invade um pouquinho a calçada que tudo fica resolvido!

Marcadores:

10 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

HAHAHAHA, comédia, aqui em casa só não te a tv com bombril mas já teve!

10 de agosto de 2009 17:27  
Anonymous Anônimo disse...

Faltou falar daquele filtro de linha que é ligado a outro filtro de linha, que é ligado a um estabilizador (que tem várias entradas), e nos filtros de linha aquele monte de benjamins....

11 de agosto de 2009 13:57  
Anonymous Anônimo disse...

Cadê a colher na garrafa de coca-cola, para não perder o gás?

11 de agosto de 2009 17:21  
Blogger Fernando Fontes disse...

Faltou:
• secar roupa atrás da geladaira

11 de agosto de 2009 18:02  
Anonymous Anônimo disse...

minhas havaianas são consertadas com parafusos, mas somente nos casos q a bolota d baixo n se perde pela vida. vou ensinar: pegue a tal da bolota, faça um buraco com uma faca que tenha ponta como se estivesse cavando um buraco para que a ponta do parafuso n encoste no chão, parafuse a bolota e o resto da tira e pronto!!! isso é bom porque a tira não vai ficar menor mas cuidado para n pegar um parafuso muito grande ou muito pequeno...

11 de agosto de 2009 18:59  
Anonymous Samia disse...

Portao com barriga foi a melhor.. hauihaiuhoa.. Tem grade de janela com barriga tbm, eu já vi!!

11 de agosto de 2009 19:11  
Anonymous Anônimo disse...

Este portão já é a coisa mais normal do mundo no Brasil!!

12 de agosto de 2009 09:56  
Anonymous Anônimo disse...

acabei de fazer isso na chinela do meu namorado, que não tinha mais jeito, não era havaiana, é mto mais grossa, mas deu super certo
nada que um preguinho não resolva ;@

29 de outubro de 2010 18:18  
Anonymous Anônimo disse...

rsrsrsrsrs

6 de dezembro de 2010 19:46  
Anonymous Anônimo disse...

nss!

16 de janeiro de 2011 13:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial